2013: Mais um ano de trabalho e muitas expectativas….

Ola pessoal, tudo bem? Como foram as festas? Espero que muito bem…

Bom, como podemos ver, 2013 já começou e já estamos na metade de Fevereiro. E o projeto segue, firme e forte….2013 será mais um ano de muito trabalho e dedicação por nossa parte. E em breve teremos muitas novidades por aqui. Claro, nem tudo está saindo como esperávamos, mas vamos continuar lutando para que tudo de certo. E umas das coisas que estamos preparando é a atualização das sessões “Galeria de Imagem” e “Videos”, com muitas novidades do projeto (Enfim, com algumas fotos do SBGames 2012 – estou atrás das outras, como tive um pequeno problema no PC quase perdi tudo). É isso galera, em breve muitas novidades.

Abraços e até breve…

Anúncios

SBGames 2012 Parte 2: O 1º dia e 2º dia….

Olá pessoal, tudo bem?

Continuando com o posts de “Querido Diário” sobre nossa passagem na terra do presidente, vou juntar os dois primeiros dias pois como não consegui falar do 1º, acho que seria legal juntar os dois e diminuir o blá blá blá né =P


Na sexta, dia que começou o evento, chegamos as 8:00 para fazermos o cadastramento tanto como “player”(forma que chamam os visitantes inscritos que podiam visitar tudo) e como expositor.

Depois disso fomos arrumar as nossas coisas no stand nosso para mostrar os nossos jogos. Acho que nesse ponto ficamos devendo, mas acredito que seja uma lição aprendida – na próxima a gente faz mais coisas legais 😉

Conversa com os amigos do JB The Jelly, Samurai Soul e RZ

Durante o primeiro dia apresentamos o jogo pois estávamos participando do “Festival de Jogos”, então apresentamos o jogo no palco principal. Tínhamos um minuto para apresentar, e por conta de alguns problemas “técnicos” não tivemos muita sorte, mas mesmo assim fomos lá e representamos.

No segundo dia, continuamos a apresentar o jogo no nosso stand, e o pessoal foi muito legal e respectivo. Foi uma experiencia muito bacana. Conversamos com muita gente interessante. Produtores indie, pessoas que querem investir na area, ilustradores, programadores, crianças, mas todos com um ponto em comum – o gosto por jogos.

Galera jogando e se divertindo….

No fim do dia, rolo a premiação do festival. Pena que não conseguimos ganhar, mas valeu a participação.

Agradeço pela presença de todos, que passarem, conversaram, experimentaram e se divertiram com a gente no nosso stand. Nossa batalha continua, ainda temos muito o que fazer, construir e tal. Mas acredito que será possível tornar tudo isso real.

Hoje, vamos tentar aproveitar um pouco do evento vendo palestrar, keynotes e tudo mais. Mas ainda estaremos aqui tentando achar pessoas e tudo mais.

Até a próxima galera, e acredito que em breve traremos mais e mais novidades.

SBGames 2012 Parte 1: A Viagem

Olá, pessoal, tudo bem?

Esse é o primeiro de muitos posts onde vamos contar a nossa jornada no SBGames 2012. Contaremos fatos interessantes, legais e engraçados durante nossa passagem no Planalto Central. Esperemos encontrar muita gente interessante e interessada no nosso projeto. Mas antes disso vou contar como foi a nossa viagem….

Como tudo começou….

Ok, não vou tão longe. Apenas voltar em quando saiu a lista de finalista e o projeto T.H.O.R estava lá. Para nós foi muito legal. Esperamos o ano inteiro por isso, mas deixa de papinho…

O tempo passou (muito pepino para resolver, problemas com passagens, hotel e blá blá blá: coisa básica de toda viagem) e tudo resolvido, hora de viajar.

Da nossa equipe, estão três integrantes: Ricardo Sobrinho (com seu outro projeto chamado JB The Jelly), Henrique Falchi (com seus dois projetos: RZ e Samurai Soul) e eu. Esperamos que os quatro projetos se saiam muito bem nessa passagem por Brasília.

Saímos de São Paulo por volta das 17h (sabe como é: aeroporto tupiniquim nunca é pontual) e descemos na terra da Presidente Dilma às 18h.

Vim para o meu hotel, a equipe para outro. Amanhã cedo, ás 8h estaremos a caminho do SBGames.

Até mais, pessoal…

SBGames 2012: Estaremos Lá…..

Olá Pessoal, Tudo bem?

Como disse, o mês de outubro iria trazer muitas novidades. Essa é a primeira: o T.H.O.R estará presente no SBGames 2012. \o/

Sei que muito vão se perguntar: Mas o que é o SBGames? Bem, aqui vai uma breve explicação:

O SBGames se constitui no maior e mais importante evento da América Latina na área de games e entretenimento digital que reúne anualmente pesquisadores, artistas, designers, professores e estudantes de universidades, centros de pesquisa e da indústria de jogos. SBGames é o simpósio da Comissão Especial de Jogos e Entretenimento Digital da SBC (Sociedade Brasileira de Computação), que também é apoiada pela RBV (Rede Brasileira de Tecnologia de Visualização).

Bom, para mais informações, tem o site oficial e aqui a lista dos concorrentes.

Quero agradecer ao apoio de todos e que continuem a ajudar a divulgar nosso trabalho. Como recompensa, segue mais um video do THOR:

Até a próxima.

Mês de Setembro: A espera de noticias…

Ola, tudo bem?

Desde o Anime Friends, já se passou 2 meses: meses de muito trabalho. Teremos em breve muitas novidades do nosso querido T.H.O.R – ideias, desenhos, videos e uma demo nova. Ainda ela não vai ser disponibiliazada (eu sei, mas calma pessoal, em breve isso vai se corrigir), mas contaremos mais detalhes dela em breve.

Por enquanto, deixarei vocês com alguns desenhos criados nesse intervalo e  também algumas imagens do jogo:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Também deixarei com um video do gameplay atual:

Muita coisa mudou e em breve traremos grandes notícias. Aguarde, acompanhe a gente no Facebook ou Twitter, pois lá as novidades saem primeiro.

O mês de Outubro promete….

Como tudo começou – Parte 2

Tudo bom, pessoal?

Vamos continuar com a incrível jornada…

Depois de feita a demo para PC, o projeto meio que foi deixado de lado. Continuei a trabalhar nele, apenas no código – sendo sincero, era horrível. Não tinha como o jogo crescer daquele ponto. Daí vieram outros projetos na Saga (como GMA, mas esse a gente fala outro dia).

Mas no ano de 2011 tive que dar uma pausa por conta do meu trabalho, ainda mexia um pouco para não perder a prática, mas isso era muito pouco.

No fim de 2011 arranjei um espaço na agenda e resolvi voltar a fazer o curso na Saga. 2012 seria o ano da retomada. Chegando, conversando com o Professor Lucas, disse que precisava de um ptojeto para conclusão do curso. Ele deu a ideia: “Por que não o T.H.O.R? Aproveita e faz para iPad.”

Aceitei a sugestão e desafio, já que nunca fiz nada para ipad. Seria tudo do zero. Enquanto comecei a batalha, precisava de aliados para me ajudar nessa. Consegui ajuda de um velho companheiro de estágio na Saga, Ricardo Hideki. Hideki é dono de todas as ilustrações do T.H.O.R nessa nova era, ainda sim, precisava de mais uma ajuda.

Essa ajuda veio por parte do Lucas. Ele me apresentou o Arthur Palmeira, que seria responsável pela parte 3D do jogo. Tenho que agradecer essa cara, mesmo não podendo continuar, ajudou muito em várias definições do jogo, principalmente no visual.

Por conta de alguns trabalhos, o Arthur não pôde continuar com a gente, então chegou mais um integrante. Ricardo Sobrinho chegou para fazer o parte do level design do jogo. Todos os cenários até o momento foram construídos por ele. Desde os objetos até composição e iluminação.

Com essa equipe, chegamos a demonstrar o jogo durante o Anime Friends (AF): o pessoal jogou, assistiu, perguntou e sugeriu dezenas de coisas. Foi muito bom mostrar para o público nosso trabalho.

Pós AF, conseguimos a ajuda de mais um integrante: Vinicius “Chaud” – responsável pelos modelos e animações do T.H.O.R. No momento ainda não pude mostrar nada dele (por conta do tempo nosso, que anda bem apertado, mas prometo que em breve teremos muito mais).

Agora, com essa grande equipe, estamos trabalhando para melhorar cada vez mais o T.H.O.R e podermos lançá-lo para o público como prometido, no início do ano que vem.

Fiquem ligados, em breve teremos muitas novidade. Abraço, pessoal, até mais.

Como tudo começou – Parte 1

Olá, pessoal, tudo bem?

Estou para fazer um post assim desde que o blog entrou no ar. Mas o tempo está bem curto pelas correrias que toda a equipa vem passado. Mas vou começar e espero terminá-lo em breve. Também vou dividi-lo, senão teríamos um post muito longo (muito mesmo). Mas chega de papo, vamos à historia.

Há muito tempo atrás, numa galaxia distante (ok, era mais ou menos 2009) fui num evento de anime (acho que era o AnimeCom, sei lá) e me cadastrei num estande de uma escola de animação, arte e games (Saga). Passou-se um tempo e me ligaram dizendo que tinha ganhado uma bolsa. Achei que valia a pena arriscar. Embarquei nessa, não muito confiante.

Passaram-se 6 meses de curso estávamos já no módulo UDK. O trabalho final do módulo era montar uma demo de um jogo. Vou ser sincero: sou péssimo para ter idéias e não tinha a menor ideia de que trabalho iria fazer. Nesse período, a galera do fundo (Eu, Henrique “Chapola”, Luiz “Alemão” e Marco “Max” Peixoto) resolveu fazer junto esse trabalho.

Em uma conversa com Max, ele me disse “não tô afim de fazer um FPS para esse trampo não” e topei (já que no resto da sala boa parte seria FPS). E ele veio com uma ideia de fazer uma versão de um jogo que jogava muito (chama John in The Fast Lane) onde podemos dizer que é o padastro do The Sims. A ideia na hora pareceu meio megalomaníaca, não nego. Mas eu estava afim de me aprofundar em UDK, não pensei duas vezes.

Foi difícil chegarmos no conceito principal do jogo (e uma das coisas que ajudou foi uma limitação nossa, pois até esse momento modelar um personagem era impossivel para as nossas cabeças, então tivemos que usar o personagem padrão da UDK – um robô), mas fechar a ideia.

Bem, como todo projeto, tivemos muitos problemas. Normal, mas mesmo assim conseguimos alguns resultados (só faltou ir para o Anime Friends daquele ano). Ainda guardo essa versão do jogo e consulto muitas vezes para fazer o atual. No meu blog pessoal tem dois posts (aqui e aqui) que fiz comentando na época.

Porém, não deu para o projeto continuar. Ele fico hibernando até janeiro de 2012. Mas isso fica para o proximo post.

Valeu galera e até breve.